SEJA VIP!!!

Cadastre-se Para Receber Nossas Atualizações e Descubra Como Organizar Suas Finanças e Alcançar Prosperidade Sem Ser Um Especialista (É grátis!)

Investir Dinheiro

Como fazer o dinheiro trabalhar para você e render cada vez mais

Saber como fazer o dinheiro trabalhar para você  é  uma das melhores de fazer seu dinheiro crescer, a alcançar a independência financeira e realizar seus sonhos.

Algumas ações como adiar a troca do carro, não comprar aquele celular de última geração, comparar preços de bens e serviços antes de adquiri-los podem significar grande redução de despesas.

Também não podemos esquecer os pequenos gastos que parecem insignificantes, como aquele docinho, cafezinho diário ou a loteria semanal. Acumulados, eles podem se tornar os maiores vilões do seu orçamento. Apenas para exemplificar, um gasto de R$ 5,00 por dia corresponderia a R$ 150,00 ao mês, ou R$ 1.825,00 ao ano.

Fazendo uma conta básica, se investirmos R$ 150,00 na poupança todos os meses, considerando rendimentos de 0,5% ao mês,  em 30 anos teríamos acumulados aproximadamente R$ 56.486,94. Aqui também considerei uma inflação de 0,40% ao mês e 15% de Imposto de Renda. Já seria um bom dinheiro.

Acompanhe seus gastos com carinho, se necessário utilize uma planilha de finanças pessoais. Você irá perceber que em algumas categorias existem gastos excessivos e até mesmo desnecessários, que poderiam ser adiados ou evitados.

Como fazer o dinheiro trabalhar para você

Como fazer o dinheiro trabalhar para você

O controle e corte dos gastos é uma atividade não tão prazerosa, mas quando realizada com disciplina ela permite que você ganhe um novo empregado, só seu. Isso mesmo, o dinheiro irá trabalhar para você!

Tendo receitas superiores às despesas, o passo seguinte é investir. Quanto mais você conseguir economizar e investir, mais rápido você conseguirá atingir suas metas.

É claro que quanto mais dinheiro você tiver para investir, melhor. Mas outro fator fundamental que muitas vezes não levamos em consideração é o tempo de investimento.

Ele funciona como uma mola propulsora para os seus ganhos. É como se você ganhasse um prêmio por manter o seu dinheiro investido por mais tempo.

É claro que quanto antes você começar a investir melhor será. Mas se você ainda não começou, não pense que agora já é muito tarde. A verdade é que nunca é cedo ou tarde para começar, o mais importante é investir regularmente!

Outro fator relevante é a taxa de retorno de seu investimento. Obviamente, quanto maior, melhor. Mas lembre-se que usualmente retornos altos podem significar riscos elevados.

Em um artigo futuro iremos discutir a questão do retorno dos investimentos com maior profundidade.

Dívidas

Ter dívidas não é necessariamente algo ruim, desde que tenhamos condições de pagá-las.

Mas para muitos, possuir uma casa ou um automóvel só se torna possível através de um financiamento. O que devemos fazer quando necessitamos nos endividar é pesquisar por financiamentos com juros mais baixos e com parcelas que não comprometam a renda familiar mensal.

Para aqueles que ainda não estão endividados e necessitam tomar dinheiro emprestado, faz-se necessário conhecer a capacidade de endividamento e para isso é preciso ter um bom controle financeiro.

Este controle deve ser capaz de apontar o valor das parcelas que se consegue pagar mensalmente.

Será melhor ainda se tal controle ajudar a cortar gastos desnecessários de modo a providenciar dinheiro extra para quitar a dívida o quanto antes.

No caso daqueles que já possuem dívidas, ter um bom controle financeiro também facilita as coisas. Com ele é sempre possível descobrir fontes de recursos extras através de cortes de despesas não essenciais. Este dinheiro adicional pode então ser usado no pagamento de parte da dívida, o que acarretará em menores despesas de juros e, consequentemente, você terá mais dinheiro para objetivos futuros

E lembre-se: é essencial que você controle suas dívidas. E nunca deixar que suas dívidas acabem por controlá-lo! Outra lição importantíssima da Educação Financeira!

Aposentadoria

Para a Educação Financeira, o conceito de aposentadoria não é aquele aonde se observa uma pessoa idosa desgastada depois de anos de trabalho. A aposentadoria pode chegar muito antes. A cena que eu prefiro é a de uma pessoa com espírito jovem fazendo as coisas que realmente gosta, seja curtindo a família, trabalhando em algo que lhe dê prazer ou viajando pelo mundo. Uma pessoa que possui segurança financeira e sente prazer em viver.

Muitas pessoas acreditam que isto é algo difícil demais para ser atingido. Realmente, não é algo que seja fácil, mas com disciplina e tomando as decisões financeiras corretas, isto é bastante possível.

Se você pretende se aposentar contando apenas com recursos do INSS ou então com recursos de algum fundo de pensão, há grandes chances de você acabar curtindo a vida apenas ao final dela. Para que a cena idealizada ocorra é preciso economizar recursos financeiros adicionais.

Isto significa que você deve procurar poupar sempre e o máximo que puder, sempre levando em conta o equilíbrio que deve existir entre a qualidade de vida presente e a futura.

Mas só poupar não basta. Saber investir também é um fator crítico para o seu objetivo. E isto não é uma tarefa fácil, pois as opções são muitas. Elas não incluem somente planos de previdência privadas, mas também quaisquer formas de investimento que nos permitam aumentar nosso patrimônio.

E quais são as opções de investimento que eu devo escolher? Bom, a resposta irá depender do seu perfil de risco, da sua disciplina e também de uma boa pesquisa. E, claro, de uma análise destas opções.

Planos de previdência privada apresentam como principal vantagem o benefício fiscal. No caso do PGBL, pode-se abater até 12% do salário bruto da base de cálculo do imposto de renda.

Além disso, o imposto de renda somente será pago no resgate ou no pagamento dos benefícios. Alguns planos possuem seguro de vida embutido e há ainda a possibilidade de se optar pela tabela regressiva de alíquotas de imposto de renda.

Como desvantagens, eles cobram uma taxa de carregamento, além da taxa de administração do fundo onde o recurso da previdência está aplicado. Isto faz com que em alguns casos, o benefício fiscal passe a ser menor do que os custos do plano.

Outra questão é que planos de previdência privada geralmente são desenhados para aposentadoria em idade “avançada”.

O que deve ser feito é uma combinação de investimentos. A previdência privada pode lhe garantir uma aposentadoria tradicional tranquila. Mas a aposentadoria dos sonhos deve vir da acumulação de patrimônio que lhe permita ser independente.

Invista também em Títulos Públicos do Tesouro Direto, pois seus rendimentos são bem melhores que os Planos de Previdência Privada e que a Poupança, com a vantagem de não precisar pagar ao banco as diversas tarifas administrativas. Você poderá ver como tudo funciona clicando no link abaixo:

Clique aqui e descubra qual é o investimento mais seguro e confiável do Brasil. Não é a Poupança!

Como fazer o dinheiro trabalhar para você – Seguros

Por sermos otimistas, nos brasileiros costumamos acreditar que nada de mal irá nos ocorrer e isso faz com que normalmente não nos preparemos para os imprevistos que a vida nos reserva. E estes imprevistos podem gerar danos irreversíveis ao nosso bem-estar, inclusive financeiro.

Apesar de muitas vezes ser difícil evitar que tais imprevistos ocorram, podemos nos proteger das conseqüências causadas por eles. Assim, contratar seguros é algo extremamente importante para preservar nossa qualidade de vida.

Podemos encontrar seguros para quase tudo: para nossos bens (seguro de carro, casa, etc.), para nosso bem-estar (seguro saúde, seguro de vida, seguro contra invalidez, etc.), entre outros.

Para definir quais seguros você deve possuir, precisará usar a sua Educação Financeira para identificar o que precisa em cada momento de sua vida. Como exemplo, um seguro de vida se faz necessário quando não temos patrimônio suficiente para garantir o bem-estar de nossa família.

Quando deixamos de ter pessoas que dependam de nossa renda ou o patrimônio acumulado é mais do que suficiente para garantir todas as nossas necessidades futuras, possuir um seguro de vida se faz menos necessário.

Sugestão de Leitura:

O caminho para a independência financeira – Aprenda passo-a-passo como fazer o dinheiro trabalhar para você, ter uma excelente educação financeira e a montar uma segunda renda com investimentos, elevando assim o seu padrão de vida.

Clique aqui para maiores informações!

Aprendendo como fazer o dinheiro trabalhar para você, sua vida será muito mais feliz e tranquila, principalmente porque você terá total liberdade para realizar seu sonhos.

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário!

Gostou do artigo?

Entre para nossa lista e receba com prioridade nossas dicas e conteúdos!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

CommentLuv badge

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.