SEJA VIP!!!

Cadastre-se Para Receber Nossas Atualizações e Descubra Como Organizar Suas Finanças e Alcançar Prosperidade Sem Ser Um Especialista (É grátis!)

Finanças Pessoais

Dicas para não se endividar e realizar seus sonhos

Veja neste artigo algumas dicas para não se endividar. Ao segui-las você terá como principais ganhos, sua paz e o foco naquilo que realmente importa na sua vida. Seus sonhos.

Viver sem dívidas e ter liberdade de fazer o que é melhor para si é o melhor lucro que uma pessoa pode obter ao longo de sua vida.

Quando a gente se preocupa o tempo todo em encontrar solução para o cheque especial com limite estourado ou para o pagamento dos juros do cartão de crédito, sobra pouca disposição para ver alguma graça na vida.

É impressionante saber que mais de 35 milhões de pessoas no Brasil sofrem com as dívidas e que isso atormenta o seu dia a dia.

Mas a solução para problemas deste tipo podem ser mais fáceis de resolver do que a maioria das pessoas pensa. E ter um pouco de organização, força de vontade e ajuda de um profissional são fatores determinantes.

 

Dicas para não se endividar e entrar no vermelho

 

Dicas para não se endividar e entrar no vermelho

Viver sem dívidas, o melhor negócio de sua vida

antes de você ler as dicas para não se endividar , é preciso entender que dívida é um grande problema na sua vida e que nada pode se comparar a sua tranquilidade e paz para que você possa produzir e fazer o que tem que ser feito.

Então, agora é necessário fazer uma avaliação para saber quanto você deve para cada modalidade de crédito, quais as taxas de juros, quais os prazos para obter uma boa negociação por diante.

Baseando-se nessas informações, posso dar algumas dicas como acabar com suas dívidas.

E no momento sua principal meta financeira, por enquanto, deve ser a quitação dessas suas dívidas. Porém, você tem que se conscientizar do problema e concentre para o mais rápido possível pagá-las.

No percorrer desse objetivo, evitar compras sem necessidades, viagens, passeios e até mesmo investimentos, já que os juros dos empréstimos e cartões de créditos são maiores que o retorno de qualquer investimento que você viesse a fazer.

Você terá que fazer um orçamento real:

Após, deve-se fazer seu orçamento, listando todas as despesas que são necessárias, para saber exatamente quanto sobrará para o pagamento das dívidas.

Umas das das melhores dicas para não se endividar é você dar sempre prioridades àquelas de maiores valor:

No entanto, priorize as dívidas que possuem as maiores taxas de juros, da maior para menor. Após essa análise, ver qual é o credor da maior dívida, negociá-la e pague-a o mais rápido possível, e assim sucessivamente.

Importante não perder o rumo dos seus gastos, serem anotados, seja numa planilha eletrônica ou num caderno para o orçamento da sua casa. Sendo dessa forma, você poderá saber onde está indo seu dinheiro e se o orçamento está como havia planejado, vamos falar mais sobre isso em outro artigo.

Mensalmente é importante saber se a dívida está diminuindo, acompanhar sempre.

Faça um balancete para saber como estão suas dívidas, se estiver com dificuldade para eliminá-las mensalmente, sugiro que procure ajuda profissional.

E não se esquecendo de que é importante que seus credores fiquem sabendo da sua situação financeira, porém, é interesse de você pagar e eles receberem. No caso é provável que os credores negociem com você a sua dívida com ele, e pode até deixar o valor viável a sua situação para pagar mais rápido.

Para as instituições financeiras é interessante renegociar por duas razões: tentar diminuir o prejuízo, que já é um fato, e permitir que essa mesma pessoa, ao regularizar sua situação no mercado, possa voltar a comprar a prazo, de forma mais inteligente.

Procure por muitas propostas:

Não se deve dar a negociação por terminado antes de ter nas mãos várias propostas. Em muitos casos, a primeira proposta pode não ser tão interessante, então busque uma segunda, ou, até a terceira proposta para facilitar o pagamento de sua dívida dentro do que é de fato possível e sustentável.

Sempre cumprir com a palavra:

Depois de saber a quem se deve e o quanto se pode pagar, o importante é honrar o assumido compromisso. Além disso, é fundamental monitorar os seus gastos, se está sendo anotado na planilha, e ou, caderno. Assim, você pode se planejar, e poupar para o futuro e se prevenir para eventuais emergenciais.

Ao seguir essas dicas para não se endividar, seus principais ganhos serão sua paz e  o foco no que realmente importa na sua vida. E depois de tudo isso você terá um grande espaço para construir sua independência financeira.

Gostou do artigo?

Entre para nossa lista e receba com prioridade nossas dicas e conteúdos!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

CommentLuv badge

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.