Como organizar o orçamento doméstico

Tempo de leitura: 3 min

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

Como estão as contas da casa? A família consegue poupar ou todo mês entra no cheque especial? Veja quatro passos para organizar o orçamento doméstico.

Para arrumar as contas da casa e começar a poupar para realizar os objetivos de vida, é preciso fazer o orçamento doméstico.

A maioria dos especialistas em Educação Financeira, aconselha queque a gente a família e siga pelo menos quatro simples passos.

1) Fazer um diagnóstico financeiro

 

Como organizar o orçamento doméstico

Todos os gastos devem ser anotados minuciosamente para que toda a família saiba quanto entra  e para onde está indo o seu dinheiro. O que irá te ajudar a organizar as finanças, é anotar  em uma planilha, todas as sua despesas durante pelo menos um mês.

Aqui você pode utilizar a maneira que mais que lhe convier para fazer suas anotações,  seja uma planilha no excel, um caderno ou até mesmo aplicativos no celular.

2) Reduzir os gastos desnecessários

 

Como organizar o orçamento doméstico

Após fazer a análise do orçamento doméstico  a família percebe que é possível fazer uma redução muito considerável dos gastos. Trocar de plano de celular ou de pacote de TV a cabo são alguns dos exemplos.

Pode até parecer que aquele cafezinho de todo dia ou a pizza da semana são inofensivos, mas são nestes pequenos gastos que cometemos que estão os excessos: o banho demorado, a luz do abajur, a taxa de conveniência na hora de adquirir ingresso pelo telefone…

Será que precisamos mesmo de tudo disso para viver, todos os dias?

3) Fazer um projeto de vida de curto, médio e longo prazos

 

Como organizar o orçamento doméstico

Trocar de carro, fazer uma viagem, comprar a casa própria, planejar a aposentadoria. Faça as contas de quanto vai custar cada um desses projetos e quanto tempo irá demorar para realizar cada um deles.

Assim que realizar um destes sonhos, deve-se substituí-lo por outro objetivo. E para manter o orçamento controlado, é muito importante, não usar todo o dinheiro poupado para satisfazer desejos imediatos, que impedem a realização dos objetivos maiores.

4) Poupar para realizar os sonhos

 

Como organizar o orçamento doméstico

A decisão de onde aplicar o dinheiro vai depender do prazo de cada objetivo:

  • Objetivos de curto prazo (até 1 ano): dinheiro deve ficar numa aplicação fácil de retirar, tal como o título do Tesouro Direto indexado à Selic;
  • Objetivos de médio prazo (1 a 10 anos): dinheiro pode ser aplicado também no Tesouro Direto, CDBs, fundos de investimento;
  • Objetivos de longo prazo (acima de 10 anos): valores podem ser aplicados em títulos indexados à inflação do Tesouro Direto ou ainda numa previdência privada.

Cuidado com os gastos fixos

O professor Samy Dana, da Fundação Getúlio Vargas, diz que as despesas fixas, tais como supermercado, água, luz, telefone, condomínio, escola, plano de saúde, TV a cabo, internet, idealmente devem estar limitadas a 50% da renda. “Se estiver muito acima disso, é hora de repensar o padrão de vida para adaptar à realidade da renda.”

Se a família estiver temporariamente endividada, é possível cortar despesas supérfluas para resolver esse desajuste temporário. Mas se os gastos fixos consomem a maior parte da renda mensal, é sinal que a família está vivendo acima do padrão de vida.

Para que possa viver melhor, deve reduzir os gastos e se organizar para poupar ao menos 10% da renda todo mês. “Isso deve ser uma decisão muito bem pensada, pois requer uma mudança estrutural, como mudar de casa ou trocar de escola”, afirma Dana.

Pronto para começar a organizar o orçamento doméstico? Nunca é tarde para isso. Seu bolso e sua com certeza irá te agradecer!

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário…

Compartilhe agora mesmo:

Manual completo para todos aqueles que querem iniciar a jornada rumo ao primeiro Milhão.

Saber Mais!
100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


CommentLuv badge

6 Comentários

  • Realmente é necessário ter uma ótima organização financeira para não perder o controle e se afundar nos gastos.
    Infelizmente aqui no Brasil não temos essa cultura, quando crianças não recebemos uma boa educação financeira.
    Mas artigos que encontramos pela Web como esse nos ajudam bastante.
    Parabéns, ótimo trabalho!

    1. Pois é Francisco. Ainda bem que hoje temos mais acesso à informação do que antigamente. E nunca é tarde para aprendermos.
      Abraços!

  • gostei muito das dicas vou por em pratica estes conselhos

  • gostei muito desejo aprender mais ainda

  • JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

    100% livre de spam.

    Damos valor à sua privacidade

    Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

    Cookies estritamente necessários

    Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

    Cookies de desempenho

    Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

    Cookies de funcionalidade

    Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

    Cookies de publicidade

    Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.