Vale a pena pagar IPVA e IPTU à vista?

Tempo de leitura: 3 min

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

Janeiro é sempre mês de grandes despesas, pois temos as prestações do Natal, matrícula no colégio e compra do material escolar e ainda o IPVA e o IPTU.

Aqui em São Paulo, o IPVA começa a ser cobrado nesta segunda-feira (11), para os carros que têm placa final 1.

Quem tem dinheiro pode pagar à vista, que é a forma mais indicada, pois aproveita os descontos.

Agora se você não tem dinheiro para quitar à vista, precisa avaliar se vale pagar parcelado ou pegar um empréstimo no banco.

Se você tiver algum dinheiro investido, será preciso também analisar se compensa retirar da aplicação e pagar à vista.

A seguir, você verá as dicas do educador financeiro Conrado Navarro, do site Dinheirama, o melhor site sobre Educação Financeira que já vi, e Miguel Ribeiro de Oliveira, diretor-executivo da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade):

Vale a pena pagar IPVA e IPTU à vista?

Vale a pena pagar IPVA e IPTU à vista?

Pague à vista

Aqui em São Paulo, vale a pena pagar IPVA e IPTU, mesmo se tiver de tirar dinheiro dos seus investimentos.

Se você pagar o IPVA à vista tem desconto de 3%. Um imposto de R$ 1.000, por exemplo, sai a R$ 970.

A outra opção oferecida é pagar em até três vezes. Fazendo as contas, o que significará para você uma taxa de juros de 3,13% ao mês.

Ao pagar IPTU `{a vista na cidade de São Paulo, haverá um desconto de 5%. Nesse caso, o imposto de R$ 1.000 fica, à vista, por R$ 950.

Na opção de parcelamento em dez vezes, os juros serão de 1,16%.

Para ficarmos sabendo se vale a pena retirar o dinheiro do investimento e pagar à vista, será preciso comparar os juros da prestação e a rentabilidade das aplicações.

Segundo Oliveira, fundos DI estão rendendo entre 0,73% e 0,88% líquidos, dependendo da taxa de administração. A poupança tem um rendimento ainda menor: 0,68% ao mês.

Então, vale a pena tirar o dinheiro da aplicação para quitar os débitos à vista.

‘Sempre vale a pena pagar à vista com desconto, pois nosso cenário não oferece alternativa de investimento com ganho real equivalente ao desconto no período”, afirma Navarro.

Parcelamento ou financiamento?

Se não tiver o dinheiro à vista, será melhor pegar um empréstimo ou pagar parcelado?

Aqui também é preciso fazer as contas e comparar os juros cobrados pelos bancos com aqueles cobrados pelos governos.

Segundo Oliveira, a taxa média dos juros do empréstimo pessoal está em 4,34% ao mês, enquanto a taxa do consignado está, em média, 2,92%.

Nesse caso, se o consumidor conseguir um empréstimo consignado a juros de 2,92% ou a uma taxa ainda menor, será vantagem tomar o empréstimo e quitar o IPVA à vista, pois os juros em São Paulo, são de 3,13%.

O mesmo não vale para o IPTU. Como os juros nesse caso são de 1,16% ao mês, vale a pena parcelar.

Quem está no vermelho

Quem já está endividado precisa pagar o imposto, mas não pode entrar no cheque especial ou no rotativo do cartão de crédito, cujas taxas de juros estão, respectivamente, em 10,56% ao mês e 13,94% ao mês.

É preferível fazer um empréstimo pessoal ou consignado, que têm juros menores.

A punição para quem não paga o imposto é bem amarga. A multa é de 20%, além de juros cobrados pela taxa Selic, que hoje está em 14,25% ao ano.

Conclusão

Se você possuir dinheiro disponível para paga o IPVA ou o IPTU à vista, pague a vista. Pois é muito mais vantajoso e você aproveitará os descontos.

Agora se você não tiver o dinheiro para pagar à vista, será necessário fazer uma análise nas taxas de juros e verificar se vale a pena fazer um empréstimo pessoal ou consignado, ou parcelar. Em hipótese alguma utilize o limite de cheque especial.

Compartilhe agora mesmo:

Receba Dicas Para Criar Renda Através da Internet de Forma Honesta Sem Precisar Sair de Casa!

100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


CommentLuv badge

3 Comentários

  • Marcelo disse:

    Em alguns anos anteriores eu resolvi isso pegado micro crédito na caixa que tem um juro de 0,4 ao mês, mas acho que esse ano não tem mais esta suspenso

    1. Olá Marcelo. Sim, microcrédito seria ótima opção. Importante são os juros serem mais baixos.

  • segunda via disse:

    Poxa, eu sempre pago a vista, agora não sei… Gostaria de ver o vídeo que vocês colocaram mas não esta disponível mais
    segunda via Artigo recente…Prefeitura municipal de AraruamaMy Profile

  • JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

    100% livre de spam.

    Damos valor à sua privacidade

    Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

    Cookies estritamente necessários

    Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

    Cookies de desempenho

    Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

    Cookies de funcionalidade

    Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

    Cookies de publicidade

    Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.