SEJA VIP!!!

Descubra como pessoas comuns estão conseguindo ganhar dinheiro sem sair de casa!

Finanças Pessoais Reginaldo de Souza

Conheça um método simples para equilibrar suas finanças pessoais

Nesse artigo quero lhe ensinar a fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso que se colocado em prática te ajudará a equilibrar suas finanças pessoais.

Há uma grande gama de pessoas que sonham em organizar as suas finanças, mas não tem a mínima ideia de como fazer isso. Assim, ao contrário de começar a salvar dinheiro o quanto antes, a ideia vai sendo postergada e acaba não passando de boa intenção. Por isso, ter um método pré-estabelecido é meio caminho andado para ter uma conta no azul, e quem sabe, um bom fundo de reserva.

Conheça um método simples para equilibrar suas finanças pessoais

Você conhece a regra dos 50-15-30?

A ideia é organizar seu orçamento, a ideia é simples: separando seus gastos em três grandes categorias e estabelecendo, para cada uma delas, uma parcela da sua renda líquida, assim: 50% devem ser para gastos essenciais, 15% para prioridades financeiras e 35% para gastos com estilo de vida.

50% para gastos essenciais

Os gastos essenciais estão relacionados a todas as despesas básicas necessárias para você “sobreviver’: moradia, educação, saúde, transporte e alimentação são exemplos. Logo, entram nessa categoria gastos como: aluguel, conta de luz, gás, telefone, escola, passagem de ônibus, gasolina, convênio médico, remédios, compras do mês e até aulas de inglês.

15% para prioridades financeiras ou economia

Sua prioridade financeira será sempre quitar suas dívidas. Dependendo do quão fundo é o buraco, é necessário gastar mais do que 15% da renda. Nesse caso, é preciso cortar gastos nos dois outros quesitos. Você vai sempre priorizar os cortes no “estilo de vida” e, em seguida, “gastos essenciais”. Mesmo os últimos sejam vitais, é sim possível economizar na conta de celular, na luz, e no supermercado, por exemplo.

Se não há dívidas, esses 15% por cento da sua renda serão destinados a uma reserva financeira, que servirá para alcançar objetivos no futuro e ajudar no caso de emergências ou fases ruins. Afinal, ninguém espera por um problema grave de saúde

35% em estilo de vida

Se os dois itens anteriores estão em ordem, está tudo bem gastar essa parcela da sua renda com o que você bem entender. As despesas relacionadas a seu estilo de vida são bem fieis ao nome, e correspondem a o que te faz sorrir, afinal, a vida é só uma e o dinheiro fica na terra. Academia, balada, bares, shopping, beleza, tv a cabo… é nisso que os 35% serão investidos. O segredo é sempre priorizar os outros dois grupos e gastar sem culpa.

Aí está! Essa ideia para equilibrar suas finanças pessoais é simples, mas se você colocar em prática certamente obterá sucesso.

Viva melhor sem dívidas! Clique aqui e saiba como!

Sobre o autor | Website

Meu nome é Reginaldo de Souza e sou o autor e fundador do Escolhas Financeiras. Sou Contador e apaixonado por Finanças Pessoais, Investimentos e Marketing Digital.

Gostou do artigo?

Entre para nossa lista e receba com prioridade nossas dicas e conteúdos!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.