SEJA VIP!!!

Cadastre-se Para Receber Nossas Atualizações e Descubra Como Organizar Suas Finanças e Alcançar Prosperidade Sem Ser Um Especialista (É grátis!)

Caderno de Educação Financeira

A troca intertemporal nas escolhas financeiras

Do ponto de vista financeiro, a expressão “troca intertemporal” está relacionada às escolhas financeiras que fazemos hoje sobre nossas vidas amanhã.

Este é mais um capítulo do Caderno de Educação Financeira elaborado pelo Banco Central do Brasil.

Se você gasta muito dinheiro no presente, poderá ter problemas no futuro, ou, de forma contrária, você pode gastar menos dinheiro hoje para ter mais dinheiro amanhã.

Podemos pensar nisso como uma escolha no tempo, daí o nome troca intertemporal.

Reflita sobre o que ocorre em cada parte do exemplo a seguir:

Suponha que você deseja comprar um notebook no valor de R$1.800,00 e você possui apenas R$1.000,00, ou seja, faltam R$800,00 para que você possa comprá-lo.

Você faz um estudo de seu orçamento para avaliar se é possível comprar esse produto e verifica que consegue poupar R$200,00 por mês. Seguindo esse planejamento, você levaria quatro meses para ter o dinheiro suficiente para adquirir o produto. Concorda?

Agora digamos que você deseja comprar o produto imediatamente. Certamente você irá buscar esse dinheiro em outras fontes, como tomar um empréstimo ou financiamento no valor de R$800,00 e adquiri-lo hoje. Muito simples, não é?

Bem…A situação não é tão simples quanto parece. Em  geral, a antecipação de consumo irá também trazer um custo chamado “pagamento de juros” sobre o valor emprestado que lhe permitiu adquirir seu notebook  no presente. Como você antecipou o seu consumo, terá de pagar prestações de valor maior do que R$200,00 por mês ou pagar um número maior de prestações de R$200,00 do que pagaria se tivesse decidido poupar primeiro para depois comprar o produto.

Uma outra situação:

Você deseja comprar o mesmo notebook que custa R$1.800,00, verifica a sua conta e percebe que tem este valor em sua conta.

Nesse caso, você terá duas opções: comprar o produto hoje, gastando toda essa quantia, ou deixar para fazê-lo daqui a quatro meses.

Se você escolhe deixar para comprar o produto daqui a quatro meses, poderá colocar o seu dinheiro na poupança ou em outro investimento e passar a receber um prêmio por ter postergado o consumo. Ou seja, você poderá ser recompensado ao realizar uma troca intertemporal, abrindo mão de algo que poderia ter hoje.

Daqui a quatro meses, você poderá comprar o produto e ainda lhe sobrará algum dinheiro. Nesse caso, a postergação do consumo traz consigo o recebimento de rendimentos.

Essa é a escolha fundamental quando o assunto é gestão financeira.

Temos  a opção de usufruir agora e pagar depois, assumindo uma posição devedora, ou seja, pagando juros; ou podemos optar por pagar agora e usufruir depois e assumir uma posição credora, recebendo juros.

A troca intertemporal nas escolhas financeiras

 

A verdade é que não existe uma escolha correta ou errada.

O importante é levar em consideração, em cada situação, o fenômeno da troca intertemporal e verificar se a antecipação ou postergação do consumo será mais ou menos vantajosa, prestando sempre atenção aos juros que você pagará ou aos rendimentos que poderá receber. Isso irá depender de suas escolhas financeiras na hora de suas compras.

Resumo

A troca intertemporal está relacionada às suas escolhas financeiras, onde você tem o livre arbítrio entre antecipar seu sonho de consumo ou postergá-lo. tudo depende do dinheiro que você tiver em mãos. Porém, é recomendável sempre avaliar o que será mais vantajoso para você naquele momento.

Gostou do artigo?

Entre para nossa lista e receba com prioridade nossas dicas e conteúdos!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

CommentLuv badge

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.