SEJA VIP!!!

Cadastre-se Para Receber Nossas Atualizações e Descubra Como Organizar Suas Finanças e Alcançar Prosperidade Sem Ser Um Especialista (É grátis!)

Finanças Pessoais

Como planejar um casamento passo a passo e não se endividar

Como planejar um casamento passo a passo

O sonho de todo casal é conseguir planejar um casamento sem se endividar e celebrar sua união com uma festa de casamento inesquecível.  Por isso é preciso estabelecer limites de gastos, definir as prioridades, e agir dentro da sua realidade financeira.  Portanto se você é isso que você está procurando, veio ao lugar certo.

Dicas simples para planejar um casamento passo a passo

Siga as dicas a seguir e realize o casamento dos seu sonhos:

Discutam as finanças

O primeiro passo é vocês conversarem sobre finanças pessoais: os hábitos financeiros de cada um, os projetos que desejam realizar, o que consideram importante para se ter uma vida financeira promissora e na construção da família que desejam ter. É preciso dialogar sobre dinheiro e não tratar o assunto como um tabu.

Façam (cedo) um orçamento

Muitos casais vão primeiro em busca do salão, igreja e bufê deixando para fazer as contas depois… Façam um orçamento do que custaria a festa antes mesmo de começar a economizar.

O ideal é elaborar este planejamento financeiro com dois anos de antecedência, para que vocês possam poupar a quantia necessária para cobrir todos os gastos com a festa.

É muito importante que os noivos conversem e alinhem suas expectativas em relação à festa, assim ficará mais fácil planejar o que se pretende gastar.

Invistam no seu evento

Destinem um valor mensal do orçamento do casal para poupar para a festa. Quando começarem a pensar em casamento, comecem a investir em uma aplicação financeira para que possam pagar as despesas com a festa aos poucos e à vista, para que não tenham dívidas a pagar após a comemoração.

Abram uma conta bancária somente para este objetivo, e comprometam-se a, mensalmente, depositar o valor combinado entre vocês.

As aplicações financeiras em renda fixa, como Tesouro Direto e Certificado de Depósito Bancário (CDB), nesta ordem, são boas opções para investir o dinheiro para a festa de casamento.

Para investir no Tesouro Direto, vocês podem começar com apenas R$ 30. Para isso, basta ter CPF e conta bancária (podendo ser conta poupança) e cadastrar-se em um agente de custódia autorizado. No site do Tesouro Nacional, vocês encontrarão as informações necessárias para realizar esta aplicação financeira.

 

Calcule o tamanho da festa

Se vocês precisam economizar e ajustar o orçamento, o primeiro passo é reduzir o número de convidados. Elabore um planilha para organizar o casamento.

Listem os familiares, os amigos que são presença fundamental e os colegas de trabalho mais próximos. Com base no número de convidados, você conseguirá determinar o tamanho da festa e estimar os gastos com os serviços que serão contratados.

Muitos casais têm optado pelo mini wedding, onde vocês terão a tão sonhada festa com o que sempre quiseram, mas para um número menor de pessoas e, consequentemente, com menor custo.

Pesquisem, comparem fornecedores e peçam orçamentos. As feiras de casamento são uma ótima oportunidade para encontrar, conhecer, negociar melhores preços e aproveitar promoções de fornecedores. Tendo estas informações em mãos, vocês terão uma boa estimativa do valor total da festa.

Criem listas de presentes

Alguns sites, como o Casar.com e o iCasei, permitem que os noivos criem listas de presentes e possam receber o valor equivalente aos produtos ou itens da viagem de lua de mel em dinheiro.

Esta é uma maneira de receber um dinheiro para ajudar no pagamento da festa, para a lua de mel ou para, aqueles que já moram juntos, mobiliar a casa.

Planejem a lua de mel

Além de planejar a festa de casamento, vocês precisam decidir se farão uma viagem de lua de mel e, caso afirmativo, determinar o valor que, juntamente com os gastos da casa nova, deverá ser incluído no planejamento financeiro.

Garantam boas lembranças

Definam as prioridades de vocês e aquilo de que lembrarão no futuro. Por exemplo, economizar nas fotos talvez não seja a melhor opção porque é algo que vai registrar o momento de vocês. A música, o lugar, tudo deve ser escolhido com muito cuidado e carinho pois farão parte da experiência dos noivos e convidados.

Este momento é para vocês, e deve ser aproveitado da melhor forma possível, então todas a maneiras de como planejar um casamento  são válidas,  e também muito importantes para ter futuro tranquilo e próspero.

Estabeleça limites de gastos, defina prioridades, aja com os pés no chão e dentro da sua realidade financeira. Quando você planeja seus sonhos, a chance de realizá-los é muito maior.

Por isso, planejem bem para que vocês possam iniciar a vida a dois da melhor maneira possível, sem dívidas e sem comprometer o futuro.

Conclusão

Estas foram apenas algumas dicas simples para planejar um casamento e ter um futuro tranquilo e sem dívidas.

Para isso, você precisará  manter uma certa disciplina,  o casal precisará discutir o orçamento, fazer um orçamento prévio, fazer um investimento específico, tanto para a festa como para a lua de mel, e nunca deve esquecer de estabelecer um limite de quanto poderá gastar em cada ocasião.

Se você gostou do artigo e de nossas dicas compartilhe e também não se esqueça de cadastrar-se em nossa lista VIP para receber nossas  atualizações.

Gostou do artigo?

Entre para nossa lista e receba com prioridade nossas dicas e conteúdos!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

CommentLuv badge

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.