SEJA VIP!!!

Cadastre-se Para Receber Nossas Atualizações e Descubra Como Organizar Suas Finanças e Alcançar Prosperidade Sem Ser Um Especialista (É grátis!)

Finanças Pessoais

A educação financeira em nosso dia a dia

No artigo de hoje veremos como funciona a educação financeira em nosso dia a dia , algo que sequer percebemos como e quando isso acontece.

É muito comum vermos em manchetes e notícias de jornais, as questões ligadas a economia. Acontece que nem sempre enxergamos como isso afeta o nosso cotidiano.

Nos últimos anos, a expansão do crédito tem proporcionado o acesso a bens e serviços que antes inúmeros brasileiros não conseguiam consumir. Essa expansão transformou nosso mercado interno, e gerou um ciclo de desenvolvimento e crescimento para o país.

A educação financeira em nosso dia a dia

 

O crédito ajuda as pessoas e empresas em suas conquistas, mas é inegável que o endividamento excessivo tem gerado grandes dificuldades. Ele nos trouxe também a inadimplência e, com isso, todos perdem, pois o custo do crédito aumenta.

Soma-se a esse fator o estilo de vida de nossa sociedade, que coloca o consumo como fim e não como meio, afetando a maneira pela qual as pessoas gerem as suas finanças.

Seguindo este contexto, podemos dizer que trabalhar o tema educação financeira torna-se importante para as pessoas, para as empresas e para o país.

O que acontece com quem lida com o dinheiro de forma mais equilibrada, com planejamento e escolhas conscientes?

  • Tem menos estresse financeiro, interage melhor com colegas e é mais produtivo no trabalho.
  • Fica mais próximo de conquistar objetivos, como adquirir a casa própria, viajar, garantir a educação dos filhos, construir uma nova carreira ou, simplesmente, desacelerar o ritmo de trabalho. Ou seja, tem mais propriedade sobre os rumos de sua vida.
  • Possui relações pessoais mais saudáveis: estudos e pesquisas mostram que o núcleo familiar é afetado pelo alto comprometimento de renda, gerando discussões em torno do assunto e desgastando o relacionamento.
  • Forma um ambiente familiar em que os filhos aprendem a lidar com o dinheiro através do exemplo positivo e de orientações dos pais.
  • Fazem escolhas conscientes, tendem a adquirir produtos e serviços adequados aos seus objetivos e momentos de vida. E, por esse motivo, têm um índice de satisfação maior, uma inadimplência menor e um relacionamento de longo prazo com as empresas.

Muitas vezes nem percebemos, mas a educação financeira sempre está presente em nosso dia a dia.

Entender as necessidades das pessoas para oferecer conhecimento e soluções financeiras adequadas, contribui para que pessoas e empresas tenham uma relação saudável com o dinheiro.

Você concorda com isso? Deixe logo abaixo a sua opinião ou comentário.

Quer livrar-se das dívidas e aprender a administrar seu dinheiro? Então clique aqui e conheça o curso GRATUITO do Professor Dr. Elisson Duarte sobre como economizar e investir dinheiro! São três vídeo aulas imperdíveis!

 

Gostou do artigo?

Entre para nossa lista e receba com prioridade nossas dicas e conteúdos!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

CommentLuv badge

2 Comentários

  1. Darc disse:

    Eu vejo dois grandes desafios para o brasileiro conseguir administrar bem as suas finanças. Planejamento e aplicação. Planejar,até que o brasileiro gosta. O que não falta são planos na vida do brasileiro. O problema que o brasileiro nunca coloca estes planos em prática. É por isso que está sempre endividado e gastando mais do que ganha.
    Educação financeira tem quer prática.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.